Turismo no espaço: o sonho já é possível. Saiba como!

Quem nunca imaginou como seria visitar o espaço para observar o infinito e ainda ter uma vista fantástica da Terra? Até pouco tempo atrás, esse era um privilégio exclusivo de alguns astronautas. Agora, não é mais preciso ser um profissional do espaço para realizar esse sonho. A única coisa necessária é ter uma conta bancária bem recheada para poder pagar pela viagem.

É isso mesmo! O turismo no espaço já é uma realidade (para poucos). Além do investimento milionário, o interessado precisa passar por uma bateria de exames médicos e treinamentos para que tudo corra bem no momento desse passeio pelo Universo. Quer saber mais detalhes sobre essa aventura? Nós reunimos várias curiosidades sobre o assunto nesta matéria.

Por que conhecer o espaço?

Primeiramente, fazer turismo no espaço é vivenciar algo que pouquíssimas pessoas vivenciaram. A experiência inclui viajar em um foguete, ter o seu corpo em um ambiente com gravidade zero e poder observar a Terra a partir do espaço.

É possível ainda optar por duas modalidades de voo. O primeiro é o orbital, aquele em que a nave entra na órbita da Terra. O segundo é o voo suborbital, um tipo de experiência onde a nave sobe até o espaço e, na sequência, cai naturalmente de volta à Terra, fazendo um percurso semelhante a um arco.

No geral, conhecer o espaço é uma experiência que proporciona status. Quantas pessoas você conhece que já viajou para lá? Então! Imagina alguém ter a chance de dizer “eu passei as minhas últimas férias no espaço”.

Quanto custa?

Apenas um seleto grupo de milionários tem a oportunidade de pagar por uma viagem para fora dos limites da atmosfera. O turismo no espaço requer um investimento de até 20 milhões de dólares. Em reais, esse valor equivale a, mais ou menos, 70 milhões. Entre 2002 e 2009, sete pessoas já pagaram essa quantia para se aventurar pelo espaço.

O primeiro turista no espaço

Em 2001, o bilionário americano Dennis Tito foi a primeira pessoa a fazer turismo no espaço. Ele embarcou na nave russa Soyuz TM-32 e foi um dos que pagou 20 milhões de dólares pela aventura. Após a experiência, ele declarou ter realizado o sonho de uma vida toda. Ele ainda afirmou ter vivido uma segunda vida no espaço e que foi algo eufórico e profundo. A viagem de Dennis Tito durou oito dias.

Empresas de turismo no espaço

Algumas empresas já estão atuando no mercado do turismo espacial, vendendo pacotes de viagens com direito a treinamentos e tudo mais. A

concorrência no segmento já conta com algumas companhias, sendo a Virgin Galatic a mais conhecida delas.

Virgin Galatic

A Virgin é um empreendimento do magnata britânico Richard Branson. Eles têm desenvolvido alguns projetos de espaçonaves. No começo de 2018, a empresa testou a sua nave VSS Unity, que promete fazer voos suborbitais com terráqueos. Esse foi o segundo teste do gênero comandado pela Virgin Galatic. Em outubro de 2014, eles lançaram a SpaceShipTwo, mas o voo experimental terminou em tragédia. A nave se despedaçou, matando o copiloto e deixando o piloto com ferimentos profundos.

A Virgin Galatic tem, inclusive, uma lista de pessoas interessadas em ir para o espaço com eles. Brad Pitty, Angelina Jolie e Leonardo DiCaprio são algumas das personalidades que já deram o nome à companhia. Eles vão pagar 250 mil dólares por essa viagem diferenciada.

Blue Origin

Outra agência espacial é a Blue Origin. A empresa é comandada pelo fundador da Amazon, o bilionário americano Jeff Bezos. O projeto desenvolvido pela companhia visa oferecer viagens em um foguete que fará uma trajetória linear. Os turistas poderão se acomodar em uma capsula com capacidade para seis pessoas mais tripulantes. A experiência inclui quatro minutos de gravidade zero dentro da nave, a qual conta com janelas panorâmicas para que os viajantes possam observar a Terra.

World View Experience

A World View Experience tem trabalhado em uma capsula com capacidade para seis passageiros e que é elevada a 30 quilômetros por meio de um balão a gás. Os turistas ficam no espaço durante duas horas aproveitando a visão e, na sequência, voltam à Terra. O trajeto de ida e volta tem duração de, mais ou menos, seis horas. O valor cobrado por essa empresa é mais, digamos, acessível: 75 mil dólares. No entanto, não há uma previsão exata para o início das viagens.

A XCOR Aerospace

Os interessados em fazer esse passeio diferenciado também têm à disposição os serviços da XCOR Aerospace, fundada pelo preisdente da Agile Aero. A nave da empresa, a XCOR Lynx, foi desenhada para ser lançada de modo semelhante a um avião. Após romper a barreira do som e chegar ao espaço, os turistas poderão vivenciar seis minutos de gravidade zero enquanto contemplam a vista da Terra. Um pacote de viagem da XCOR custa até 235 mil dólares, praticamente 1 milhão de reais.

SpaceX

A agência espacial SpaceX, fundada pelo empreendedor sul-africano Elon Musk, é uma outra empresa atuando no segmento do turismo no espaço. A

companhia anunciou que em 2018 levará duas pessoas para uma viagem ao redor da lua. Informações sobre a identidade dos passageiros e nem sobre o valor pago por eles foram divulgadas. Tudo o que se sabe é que eles já passaram por exames médicos e estão aptos a ter essa experiência.

O “passeio” não inclui pouso na lua, apenas um voo ao redor do satélite natural. Essa viagem será feita na cápsula Dragon 2. Ela será levada para fora da atmosfera da Terra por meio do foguete Falcon Heavy.

Os planos ambiciosos da SpaceX vão além. Em 2016, eles afirmaram ter planos de levar a espaçonave Red Dragon para Marte. A intenção do fundador da empresa, Elon Musk, é possibilitar que terráqueos conheçam o Planeta Vermelho até o final de 2018. Vamos aguardar para ver se essa ousadia vai se concretizar!

Você também sonha em fazer turismo no espaço? Conte para gentes nos comentários o que você pensa sobre essa possibilidade.

About The Author

Formada em desenho de moda e em filosofia, Bruna Filler resolveu largar a vida de empresaria e fazer escolhas que para ela tinham sentido. A primeira delas foi criar esse blog de cultura e viagens, viciada em turismo já visitou mais de 80 países e sonha em ser a primeira brasileira a conhecer o mundo todo. Quando não esta viajando se dedica as artes e a filosofia.

Leave a Reply

Your email address will not be published.