10 destinos para quem gosta de explorar a natureza

 Palau

A República de Palau é um país insular da Micronésia, no Oceano Pacífico. Apesar do seu tamanho minúsculo, o arquipélago tem muitos anos de história: a ilha foi descoberta há mais de três mil anos. Palau consiste em oito ilhas principais e 250 ilhotas e é um dos destinos de snorkeling e mergulho mais famosos do mundo, devido á riqueza e abundância de sua vida subaquática, com mais de 350 tipos de corais e milhares de peixes. Fora das águas o país também tem muitas atrações. Em terra Palau é rica em fauna e flora, aves exóticas, crocodilos, manguezais e orquídeas.

 

Venezuela – Parque Nacional Canaíma

O Parque Nacional Canaíma tem impressionantes formações milenares chamadas de Tepuy. Que são rodeadas de inúmeros rios, quedas d’água, lagoas, selvas e savanas capazes de enfeitiçar qualquer visitante. Dentro deste maravilhoso cenário está localizada a incrível cachoeira do Salto Angel, a mais alta do mundo, com 979 metros de queda d’água uma dádiva da natureza.

 Galápagos

O arquipélago hoje é a segunda maior Reserva Marinha do mundo, com aproximadamente 130.000 quilômetros quadrados de extensão, é composto por 13 ilhas grandes, 06 pequenas e mais de 40 ilhotas. O meio ambiente terrestre e marinho das ilhas oferecem uma variedade de singulares paisagens, fauna marinha variada e animais das espécies mais surpreendentes. Um verdadeiro laboratório vivo da biodiversidade.

Zimbabwe

Zimbabwe é um país da África  com uma natureza preservada e grandes atrativos naturais como a imponentes catarata Victoria Falls,  com mais de 1.500 metros de extensão e 128 metros de altura, formadas pelas quedas do Rio Zambezi.

Gásadalur, Ilhas Faroé

As pequenas ilhas vulcânicas Faroé fazem parte do território dinamarquês e são indicadas àqueles visitantes que amam a natureza em tons mais selvagens possíveis. O arquipélago é composto por 18 ilhas divididas em distâncias curtas, Stremoy é a maior ilha localizada no centro do arquipélago.

Falésias enormes, cachoeiras exuberantes, rica fauna marinha e muitas surpresas de encher os olhos podem ser encontradas nesse trecho privilegiado do território europeu.

 Amazônia

Eleita uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza , a Floresta Amazônica é sempre uma aventura associada a natureza, um dos ecossistemas mais ricos e preservados do planeta, especialmente por sua biodiversidade, um dos mais preciosos patrimônios ecológicos do planeta. Um Verdadeiro Bioma considerado a maior floresta do mundo com a maior diversidade de espécies de fauna e flora.

 

Floresta Impenetrável de Bwindi, Uganda

Floresta Impenetrável de Bwindi é um parque nacional situado no oeste de Uganda. Ela abrange um vasto e exuberante trecho de floresta a diversidade biológica não se compara à maioria dos lugares na Terra. Esse destino é conhecido pela sua biodiversidade e por servir de habitat a muitas espécies ameaçadas de extinção, incluindo os gorilas de montanha. Os gorilas “visitáveis” estão distribuídos por vários grupos que habitam distintas áreas do parque. Uma experiencia única.

 

 

Floresta Daintree, Austrália

Um patrimônio da humanidade. A floresta tropical mais antiga do mundo, Engloba uma área de aproximadamente 1,2 mil quilômetros quadrados. Estima-se que a floresta tenha 180 milhões de anos, Daintree também é o habitat natural de uma grande variedade de animais e plantas, Esse lugar maravilhoso se diferencia dos demais por ser ponto de encontro entre a floresta e a barreira de corais.

 

Monteverde Cloud Fores, Costa Rica

A Monteverde Cloud Forest Preserve é uma reserva da Costa Rica localizado ao longo da cordilheira de Tilarán com 10.500 hectares doa quais 90% dos quais são floresta virgem. Uma biodiversidade extremamente elevada, que consiste em mais de 2.500 espécies de plantas 100 espécies de mamíferos, 400 espécies de aves, 120 de répteis e anfíbios, e milhares de insetos.  Com mais de 13 mil espécies de animais e plantas, Costa Rica é o país com mais biodiversidade concentrada no mundo.

 

ISLÂNDIA

A Islândia, conhecida como a terra do gelo,  a segunda maior ilha europeia, tem atraído muitos turistas com suas maravilhas naturais. O roteiro mais comum para os turistas é percorrer a Ring Road, que dá a volta no território islandês e passa ao lado ou nos arredores de locais fantásticos, como as cachoeiras Seljalandsfoss, Skógafoss e Gulfoss e o lago Jökulsárlón.
Uma das experiências mais inesquecíveis é o mergulho entre duas placas tectônicas, feito no Parque Nacional de Thingvellir: a visibilidade na água chega a cerca de cem metros e os banhos quentes das Blue Lagoo. Com mais de  de 170 piscinas geotérmicas, geleiras, lagos, e o Parque Nacional Þingvellir estão entre as principais atrações, esse destino é um paraíso para quem curte atividades ao ar-livre e belos panoramas naturais.

 

About The Author

Formada em desenho de moda e em filosofia, Bruna Filler resolveu largar a vida de empresaria e fazer escolhas que para ela tinham sentido. A primeira delas foi criar esse blog de cultura e viagens, viciada em turismo já visitou mais de 80 países e sonha em ser a primeira brasileira a conhecer o mundo todo. Quando não esta viajando se dedica as artes e a filosofia.

Leave a Reply

Your email address will not be published.